Sejam bem-vindos à vossa primeira, maior e mais completa fonte portuguesa sobre a atriz, cantora e modelo, Vanessa Hudgens. Aqui vais poder ter acesso a noticias exclusivas, fotos, media e muito mais. Na criação e desenvolvimento deste site pretendemos simplemente informar todos os fãs da Vanessa em Portugal e apoiar o nosso idolo. Visitem o nosso site nas redes sociais. Qualquer tipo de sugestão ou opinião é aceitavel. Obrigado a todos e voltem sempre. A Equipa, VHF

025~34.jpg
024~36.jpg
023~37.jpg
022~36.jpg
021~43.jpg
020~42.jpg
019~44.jpg
018~45.jpg
017~44.jpg
016~46.jpg
015~46.jpg
014~48.jpg
013~49.jpg
012~50.jpg
011~53.jpg
010~54.jpg


Posted On Abril 06, 2015    No Comments    Filed Under: entrevista, Gigi, Grease: Live, Vanessa

 

logovan2

A nossa querida Vanessa concedeu uma entrevista ao site da revista americana Entertainment Weekly onde fala sobre a sua experiência no teatro, a sua estreia na Broadway, a sua personagem Gigi e ainda fala sobre o seu próximo projeto ‘Grease: Live’. Podes conferir a entrevista abaixo traduzida

Agora que a Vanessa Hudgens chegou a Broadway, a Broadway seduziu a Vanessa Hudgens. “Eu absolutamente adoro estar no teatro”, contou Vanessa ao EW. “Eu adoro o processo dos ensaios. Eu adoro estar no palco. Eu adoro ter só uma oportunidade para que tudo de certo. Eu apenas adoro o desafio do teatro. Deixou uma enorme impressão tão boa para mim que eu não quero largar isso”

A atriz, a aluna da franquia da Disney “High School Musical”, atualmente está a fazer o papel principal no remake da versão de Alan Jay Lerner e Frederick Loewe para o romance de Colette. Uma versão teatral do filme vencedor do Oscar de 1958 originalmente chegou a Broadway em 1973. Essa produção, no entanto, contou com Heidi Thomas de “Call the Midwife” para adaptar a obra, e traz uma Gigi descrita por Vanessa Hudgens como uma “miuda dura”.

Já que Hudgens também vai interpretar outro tipo de dura numa peça musical da produção ao vivo de Grease na Fox, EW conversou com a atriz sobre como é a sua vida na Broadway.

Quando é que viste Gigi pela primeira vez? Viste o filme?
Em primeiro lugar começei a ouvir a musica. O meu empresário na verdade ligou me enquanto eu estava no Coachella no ano passado. Ele disse que estavam a fazer um remake de Gigi e os produtores estavam muito interessados que eu o fizesse. EU fiquei tipo, a sério? Porque eu não estava a ver como eles veem me como uma miuda parisiense de 1900. E ele disse tipo, não, eles estão realmente interessados, dá uma olhadela no projeto e diz me o que achas. Como eu sou uma pessoa de musicais, foi o que me chamou a atenção, e adorei logo. Lerner e Loewe, sempre fui fã de tudo o que eles fizeram – tipo com My Fair Lady. Tinha o mesmo tom. E então eu vi o filme e apaixonei me. Eu adoro a Leslie Caron. A sua interpretação de Gigi foi tão fantástica que apaixonei me logo pelo projeto. Eu também li a parte que eu teria que fazer para a audição, e fiquei tipo, meu Deus, as palavras encaixam perfeitamente na minha voz e no meu corpo. Apenas pareceu me muito natural.

Como é que te preparaste para o projeto? Viste o filme novamente?
Eu definitivamente vi o filme algumas vezes, porque eu acho que a Leslie Caron fez um trabalho incrível dando vida aquela jovem, moleca, de espírito livre, e depois transformar se nesta jovem mulher realmente elegante. Essa é uma das coisas mais importantes sobre Gigi, é poder vê-la em dois momentos diferentes. Eu definitivamente vi no meu iPod várias vezes antes de cada noite de ensaio, só para tentar pegar aquele espírito que ela trouxe à personagem – e então obviamente colocar o meu próprio espírito nisso.

Eu conversei com Heidi Thomas muito antes das aberturas no Kennedy Center sobre modernizar a obra e remover alguns elementos do filme que poderiam ser estranhos hoje em dia. Como é que vês a existência de Gigi como uma personagem moderna?
Antes, ela não tinha muito o que dizer sobre o que estava a acontecer. De alguma forma, ela era quase um fantoche sendo transformada de maneira que os outros queriam que ela fosse. Na nossa versão, Gigi é muito mais forte, independente e determinada, o que é tão incrível. Eu acho que é fácil colocar se numa caixa e agir de certa maneira, estando tu no centro de atenções ou sendo uma pessoa normal. É fácil ficar quieta e andar na linha, mas Gigi não é assim. Ela é aquela que tem voz, diz o que pensa, chama atenção das pessoas, vê através delas, e ela é esperta. Ela é muito independente e muito inteligente. Ela é uma miuda durona – durona para o mundo de 1900 em Paris.

Conseguiste fama com High School Musical, agora estás na Broadway a fazer um musical. Houve alguma vez que quiseste afastares te dos musicais?
Não, eu sempre amei musicais. Os meus primeiros filmes favoritos eram musicais. Eu sempre amei fazer isso. Nunca houve um momento em que eu senti que estava presa num certo formato. Só que é algo que eu sempre adorei e nunca tive problema em fazer.

Porque Broadway agora?
Este foi o papel perfeito. Eu sempre disse que queria estar na Broadway, mas estava apenas a espera que o papel perfeito aparecesse, e eu queria dar origem a uma personagem. Mesmo que Gigi já tenha sido feito antes, foi completamente repensado nesta nova versão. Eu realmente pude colocar as minhas próprias emoções nisso e quase criar uma nova personagem.

Às vezes os fãs da Broadway podem ser um pouco snobes com estrelas de cinema e TV indo aos palcos. Deparaste te com alguma crítica nesse sentido, e se sim, como respondeste a isso?
Todos os veteranos da Broadway que trabalharam comigo têm sido as pessoas mais receptíveis com quem eu já trabalhei. Todos tem me apoiado bastante – ajudam me constantemente quando eu preciso de perguntar alguma coisa, o que eu faço sempre, e dão me conselhos, o que normalmente é extremamente relevante e útil. Eu estou a fazer o melhor que eu posso. Estou a trabalhar o mais arduamente que já trabalhei até agora, e estou extremamente orgulhosa do que estou a fazer. Se alguém não gostar, é o direito de cada um. Mas eu tenho orgulho do que estou a fazer. Enquanto eu continuar assim, o que mais posso querer?

Qual é a parte mais difícil de estar na Broadway?
Só a quantidade de trabalho que dá: com a tua voz, o teu corpo fisicamente e mentalmente. É muito trabalho, muito tempo pra te dedicares, ficares completamente envolvida, estar presente o máximo possível, e dar tudo o que posso para interpretar uma personagem e poder contar uma história para o público da maneira mais clara possível. É ótimo, mas eu estou acostumada a ter uma segunda oportunidade. No teatro e na Broadway, não há segundas oportunidades.

Qual tem sido a parte mais divertida? Como é a tua vida nos bastidores?
Bom, eu nunca saio do teatro. Muitas pessoas saem para comer. Eu normalmente fico no camarim, peço comida, e recentemente vi o Unbreakable Kimmy Schmidt. Honestamente, a melhor parte para mim é poder apresentar me para um público na Broadway. É tão emocionante. E é um teatro com tanta história. Sentes isso nas paredes. Sentes em todos os lugares a que vais. É a maior adrenalina de todas.

Broadway é algo que pretendes continuar a fazer?
Eu fico tipo ‘eu tenho que voltar a fazer filmes?’ Eu adorei, é tão divertido. É o meu favorito.

Seguindo em frente, gostaria de te perguntar sobre Grease ao vivo na Fox. Como é que isso aconteceu? Estás ansiosa? Já começas te a trabalhar nisso de alguma forma?
Eu realmente não sei nada ainda. O meu envolvimento até agora foi só ler e cantar para o diretor, e fazer algumas cenas. Ele é fantástico. Divertimo nos quando nos conhecemos e a projetar como seria a nossa versão da Rizzo. Tenho a certeza que vou me envolver mais com o tempo. A único maneira de trazer isso pra ti é realmente faze lo. Mas eu estou muito animada porque vai ser uma troca de papéis tão diferente pra mim. Gigi é linda, de espírito livre, exuberante, uma jovem cheia de vida, e Rizzo é mais fechada, durona do tipo “estou me nas tintas”. Será uma mudança ótima. Não tem nada que eu ame mais do que interpretar personagens diferentes.

 



Posted On Abril 05, 2015    No Comments    Filed Under: Feliz Páscoa, Fotos, Instagram, Vanessa

logovan2

A nossa querida Vanessa publicou novas fotos na sua conta de Instagram de como estáa correr o seu dia de Páscoa. Podes conferir as fotos abaixo com as respectivas legendas

Feliz Páscoa!

O coelho da páscoa chegou!!!

Não é a tua caça de ovo da páscoa.



Posted On Abril 01, 2015    No Comments    Filed Under: entrevista, Fotos, Gigi, LIVE! with Kelly and Michael', Vanessa, Videos

logovan2

Como avisámos aqui no site,  Vanessa Hudgens marcou presença no programa americano ‘Live! With Kelly and Michael‘ na manhã do dia 01 de Abril em Nova Iorque. O programa é exbibido pela ABC e é gravado nos estúdios da mesma.

Vanessa concedeu uma entrevista aos apresentadores do programa, Kelly Ripa e  Mark Consuelos, onde falou sobre a sua experiencia na Broadway com a peça ‘Gigi’, falou sobre a sua personagem e muito mais. Vanessa ainda atuou com os bailarinos da peça, a música “I Never Want To Go Home Again”.

Podes ver as fotos de Vanessa no programa que adicionámos á nossa galeria, confere as abaixo ao clicarem nas miniaturas

No programa ‘Live! With Kelly and Michael

Ensaios

Confere tambem um video abaixo com a entrevista e a performance de Vanessa no programa



Posted On Março 30, 2015    No Comments    Filed Under: Fotos, Photoshoot, The New York Times, Vanessa

logovan2

Adicionámos á galeria novas outtakes da sessão fotográfica que Vanessa realizou para o ‘The New York Times‘. Podes conferi las abaixo ao clicares nas miniaturas



Posted On Março 29, 2015    No Comments    Filed Under: Gigi, Informações, LIVE! with Kelly and Michael', Vanessa

 

logovan2

Vanessa Hudgens e o elenco de ‘Gigi’ irão marcar presença nos estúdios da ABC no próximo dia 01 de Abril em Nova Iorque no programa ‘LIVE! with Kelly and Michael’.  Vanessa irá sentar se com Kelly e Michael para uma entrevista sobre o espectáculo de ‘Gigi’ na Broadway e de seguida irá acontecer uma apresentação da peça, a música que irão cantar ainda nos é desconhecida

 



Posted On Março 27, 2015    No Comments    Filed Under: entrevista, Fotos, Photoshoot, The New York Times, Vanessa

 

logovan2

Vanessa Hudgens concedeu uma entrevista ao jornal americano The New York Times. Vanessa falou sobre ‘Gigi’, feminismo, Religião, o seu relacionamento com o ator Zac Efron e muito mais. Podes conferir a entrevista traduzida abaixo

Vanessa Hudgens, vitima de escandalos por fotos íntimas vazadas na internet, esteve nua novamente – mas acalmem se. Desta vez ela estava segura e trancada num provador nos fundos da loja Alice & Olivia no SoHo, a experimentar vestidos para a festa de comemoração da estreia da nova versão da Broadway de Gigi, na qual ela é a estrela da peça.

“Oh meu Deus” diz Hudgens, aproximando se do espelho com um vestido longo prateado, depois de pedir algo “brilhante” á chefe executiva e diretora criativa, Stacey Bendet. Os cortejos balbucinaram a aprovação.

“Eu gosto mais solto, mas podemos apertá lo um pouco” diz a Sra. Bendet, ao estender a parte de cima.

Papéis castanhos cobriam as janelas da loja – Colados com fita adesiva naquela manhã, segundo um funcionário, depois que os paparazzis seguiram a Hudgens – uma das favoritas do hall de famosos da US Weekly desde que estrelou a franquia High School Musical – durante a sua expedição de compras.

Contrariando a máxima da avó de Gigi, que é “comeca por recusar a dar uma entrevista para qualquer um”, ela acabou de se sentar em frente de um homem com uma camara, ao responder a perguntas sobre a sua próxima aparição, como Rizzo, na versão televisiva de “Grease”, que vai ao ar na Fox em 2016. Horas depois, fotos dela com batom escuro, cabelo recém cortado e uma bolsa branca grande o suficiente para esconder o “Pentagon Papers” (um documento do governo dos EUA de 14 mil páginas) apareceram no The Daily Mail Online, junto com instruções para encontrar versões muito parecidas aos seus sapatos.

“Eu tenho picos de stress” conta  Hudgens á Sra. Bendet, amigas desde que elas trabalharam no filme “indie dos indies” Gimme Shelter, descrevendo a sua reação a essas invasões de privacidade. “Eu fiquei tipo ‘O que é isto no meu pescoço?’”

A coleção de penas de pavão, contas e flores que a Hudgens experimentou não estava a ajudar em nada. “Não sei, não sei” Ela lamentou enquanto um publicitário a pressionou para tomar uma decisão “Eu não sei o que eu quero!”

Aos 26 anos, no entanto, a Hudgens tem certeza de uma coisa: Depois de se aventurar na televisão, cinema e música pop, alcançar o sucesso no teatro é a sua atual ambição – Mesmo que ela demonstre isso ao tomar um cocktail acompanhado de risadas, OMG’s e uma capa de iPhone com bolinhas douradas. Depois de três semanas em prévias, a estreia oficial de Gigi, em 8 de abril no Teatro Neil Simon, irá exigir muita maturidade e precisão.

“Fazer isso mudou mesmo a minha perspectiva e ética de trabalho” disse Hudgens durante uma pausa para o almoço durante os ensaios de Gigi.  “Eu sinto que uma mudança drástica está prestes a acontecer. Mais uma vez estou a descobrir me no teatro, como aconteceu quando eu era criança, isso deixa me tipo ‘Meu Deus, é isso que eu quero. É isso que eu quero continuar a fazer’”.

Mas com um orçamento de 12 milhões de dólares, Gigi é um risco: A produção, assim como a sua protagonista, esteve sujeita a diversas manipulações. Originalmente adaptada como peça por Anita Loos (“Gentlemen Prefer Blondes”) que descobriu o talento genuíno de Audrey Hepburn em 1951, foi imediatamente adaptado para os cinemas sete anos depois por Vincent Minneli, com músicas de Alan Jay Lerner e Frederick Loewe, e Leslie Caron (também com 26 anos na altura) no papel principal de uma cortesã adolescente em treinamento. Mesmo sendo baseado nas ideais feministas da época, a versão da Broadway de 1973, baseada no filme, durou apenas 103 apresentações.

Quatro décadas depois, Heidi Thomas, uma escritora britânica que trabalhou na BBC com “Call the Midwife” e na modernização de “Upstairs, Downstairs”, dedicou se a Gigi com o formato de “Wicked” em mente; o envolvimento de Alice & Olivia, uma marca jovem que está a vestir o elenco feminino para festa de estreia, é parte disso.

A música mais famosa do espetáculo, “Thank Heaven for Little Girls” agora é cantada não pelo velho coroa interpretado por Maurice Chevalier no filme, mas pela avó e tia de Gigi. A protagonista não tem 16 anos, como no romance de Colette, mas 18 – “uma fase punk” Hudgens acrescenta – e o seu par, Gaston, saiu da fase de meia idade dos 25 (Corey Cott, anteriormente em “Newsies”, interpreta o papel)

“Tinhamos que tirar toda a parte obscena da coisa – essa foi a primeira missão desde o primeiro dia” disse Eric Schaeffer, o diretor.

A Sra. Thomas diz: “Agora trata se das experiências de Gigi, as escolhas e as decisões dela. Ela é vista como mercadoria pela sociedade, e ela não quer ser uma mera mercadoria. Ela quer ser a agente, agente dos seus relacionamentos e do seu próprio destino.”

Produzido por Jenna Segal, recém-chegada á Broadway depois de passar pela MTV e Nickelodeon, o espetáculo começou em Janeiro nos palcos do Kennedy Center em Washington, onde ganhou nada além de bons comentários. (Uma critica da Variety disse que Hudgens teve uma estreia muito sólida). Mas enquanto o Sr. Schaeffer insiste que a escolha do elenco não foi baseada na fama – “Ela tem esse espírito jovem e atual, ela ilumina sempre a sala”, disse ele – Certamente ajudou a ter a fã-base jovem e entusiasmada.. “Literalmente parece que é um grande grupo de feministas”, Hudgens diz. “Dá para sentir o poder feminino no lugar”.

No que diz respeito ao seu feminismo “Eu costumava ficar em cima do muro sobre isso”, disse ela “porque parece que se chega a um certo ponto que tem o efeito contrário, o movimento é tão massivo e agressivo que é mais do que apoiar o orgulho feminino e os direitos da mulher, torna se algo como “Eu sou um homem”.

Com uma risada contagiante, ela completaMas agora eu sinto que há esta nova onda de feministas a chegar que são verdadeiramente sobre a igualdade de direitos para as mulheres. Quer dizer, a Beyoncé claramente está a fazer isso, e eu adoro a.”

 Hudgens foi inserida na cultura pop durante a sua educação e mudou se da Costa Oeste, de Irrigon, Ore. Para Salinas e San Diego, na Califórnia, com o seu pai, bombeiro, Gregory Hudgens, a sua mãe, que trabalhava num escritório administrativo, Gina Guangco, e a sua irmã mais nova, Stella, que também é atriz. “Eu costumava correr pela casa vestida de Catwoman a fazer a minha própria coreografia de ‘Everybody Dance Now’”, contou ela . “Era assim que eu era”

Após uma pequena participação em “Aos Treze”, o filme de 2003, de Catherine Hardwicke sobre a perigosa adolescência em Los Angeles, Hudgens definitivamente ‘restaurada’ com High School Musical (2006) e após duas sequências ela praticamente tornou se a rainha do baile nacional, depois ela tornou se a namorada de Zac Efron na vida real.

Mas o destino de um amor tão jovem nem sempre corre bem. “Eu passei por uma fase em que eu era bem má porque eu estava tão exausta” disse Hudgens. “As raparigas corriam atrás dele, e eu deitava lhes olhares de terror. E então eu percebi que devia ser assim. ‘Espalha o amor, se uma pessoa boa, elas apoiam te, se simpática’”.

O ajuste de sua imagem incluiu o atrevido papel no filme de Harmony Korine em 2013, Spring Breakers, que contém uma memorável cena de sedução envolvendo James Franco e uma arma.

Atualmente ela está a  namorar, a viver com e a postar isso no Instagram para 6.7 milhões de seguidores, com Austin Butler, também ator, e quem ela disse ter restaurado a sua fé cristã. Mesmo sendo de família católica, Hudgens diz que “nunca me senti tão ligada a isso”.

O casal frequenta a igreja Hillsong, uma megaigreja popular há milénios pelo jogo de luzes, produção de vídeos e atmosfera acolhedora. “Lembra Arcade Fire – é épico dessa maneira” diz ela, referindo se a banda de mesmo nome. “Eles realmente concentram se em ti mesmo tendo um relacionamento pessoal com Jesus, o que é incrível”.

A sua espiritualidade também envolve cristais, caçador de sonhos e flores. “Eu sou definitivamente uma hippie”, disse ela. “Eu literalmente fico mais feliz a dançar seminua a ouvir Led Zeppelin”

Tem também sessões intensas de bicicleta ergométrica. O seu lado fitness ficou evidente durante o ensaio de “I Never Want to Go Home Again” em Gigi, uma performance animada na praia no qual Hudgens veste uma roupa de banho rosa choque e rodopia pelo palco a brincar com uma bola inflável, que lhe atiram por trás, ao mesmo tempo em que mantém uma pose impecável.

A única parte da peça em que ela hesita, é ter de ser levantada e ocasionalmente atirada pelos homens do grupo. “Eu detesto ser levantada”, diz ela. “Eu tenho medo de alturas.”

Mas as criticas afiadas e as demandas exigentes dos tapetes vermelhos, que tem causado grande desconforto entre as atrizes, não atinge Hudgens nem um pouco. “É ótimo poder usar algo feito pelo o seu estilista favorito”, diz Vanessa. “É muito divertido, andar como se fosse um manequim.”

De volta a Alice & Olivia, a deixar de lado as penas, brilhos e um tecido bastante colorido, ela estava a experimentar um conjunto bem estilo Colette no corte dos anos 70. Os seus ombros estavam alinhados, as mãos no quadril, o queixo erguido.

“Esse é muito Gigi” alguém sugeriu.

“Isso é muito Vanessa” disse ela.

Vanessa tambem realizou duas sessões fotográficas para o jornal. Uma delas foi feita durante os ensaios de Gigi e esteve á responsabilidade do fotógrafo, Michael Flores e a outra foi feita dentro da loja  Alice & Olivia, onde tambem aconteceu a entrevista e esteve á responsabilidade do fotógrafo Bryan Derballa. Podes conferir as fotos abaixo ao clicares nas miniaturas

Michael Flores

Bryan Derballa

 

 

 



Posted On Março 25, 2015    No Comments    Filed Under: Fotos, Gigi, Vanessa

logovan2

A peça ‘Gigi’ terá a sua trilha sonora oficial lançada este ano. Vanessa Hudgens juntamente com o elenco de ‘Gigi’ estiveram no estúdio DMI Records Studio no passado dia 22 de Março para gravar as músicas do album, que está a ser produzido por Frank Filipetti e irá ser lançado em Junho.

O album “Gigi Cast Album” incluirá faixas como ‘The Night They Invented Champagne’, ‘The Parisians’, ‘Thank Heaven For Little Girls’, e outras mais. Assim que a lista com as faixas da trilha sonora for divulgada, iremos atualizar o site sobre o assunto.

Podem conferir fotos de Vanessa no estúdio ao clicarem nas miniaturas abaixo

 



Posted On Março 20, 2015    No Comments    Filed Under: Broadway, Fotos, Gigi, Vanessa

 

logovan2

Vanessa Hudgens estreou se na broadway com a peça ‘Gigi’ na noite de ontem, ou seja, dia 19 de Março que teve lugar nos palcos do Neil Simon Theater em Nova Iorque. O teatro estava cheio mas o que não faltou na verdade foi elogios á Vanessa dos espectadores que tiveram a oportunidade de assistir á primeira prévia da peça que irá ter a sua noite de abertura no dia 08 de Abril.

A utilização de electrónicos era proibida mas isso parece não ter sido problema para os espectadores que mesmo assim tiraram fotos,confere 2 fotos da peça abaixo

Após a peça ter acabado, os fãs ficaram á porta do teatro á espera da Vanessa para tirar fotos, a própria foi bastante carinhosa com todos e concedeu autógrafos tambem. Podes conferir as fotos abaixo ao clicares nas miniaturas

Muito antes do espectáculo começar, Vanessa partilhou o seu entusiasmo pela sua estreia na Broadway na sua conta de Instagram,confere a abaixo com a respectiva legenda

Nem acredito. Em menos de 1 hora irei atuar para a plateia na Broadway. Consegui!!!!!! Apenas espectáculos, trabalho duro naquilo que queres e na hora certa… As estrelas alinham se… E tu encontras te exatamente aonde estás destinado a ficar. Apenas tu decides o teu destino.

11055955_901225553234159_1176169070_n.jpg

LEMBRAMOS que as prévias de ‘Gigi’ irão até ao dia 07 de Abril. A noite de abertura irá acontecer no dia 08 de Abril e irá até ao dia 04 de Outubro

 



Posted On Março 09, 2015    No Comments    Filed Under: Bastidores, Broadway, Fotos, Peça, Vanessa

logovan2

A nossa querida Vanessa foi ver a peça do musical ‘On The Town’ á Broadway no teatro The Lyric Theater em Nova Iorque no passado dia 07 de Março. Após o espectáculo acabar, Vanessa foi aos bastidores falar com o elenco da peça. Podes conferir as fotos abaixo ao clicares nas miniaturas

001~937.jpg 009~614.jpg